Um dos pontos triviais de treinamentos e capacitação de funcionários é como metrificá-los. Não adianta você disponibilizar um treinamento para seus colaboradores e não saber se ele foi efetivo e se as pessoas reteram o conteúdo. Por isso vamos te ensinar a metrificar treinamentos.

Alguns dados e métricas são necessários para verificar se esse treinamento deve ser mantido, se algumas alterações devem ser feitas ou se ele simplesmente deve ser descartado. Vamos falar de algumas delas.

ROI (Return Over Investment)

O ROI (Return Over Investment), em português Retorno sobre Investimento, mostra os ganhos financeiros que tivemos com o treinamento. O ROI é utilizado não só para treinamentos, mas para medir os resultados de toda a empresa.

Para calculá-lo basta subtrair o retorno obtido do investimento e dividir esse valor pelo investimento.

metrificar treinamentos: roi

Se, por exemplo, é disponibilizado um treinamento para o time de vendas que custou R$ 10 mil para ser aplicado, e depois deste treinamento os vendedores conseguiram fechar negócios que totalizaram R$ 100 mil, o retorno que esse treinamento trouxe foi de 900%.

Investimento = 10 mil

Receita = 100 mil

ROI = 900%

metrificar treinamentos: roi

Taxa de presença

A taxa de engajamento ou taxa de presença mede quantas das pessoas que deveriam realizar o treinamento realmente o fizeram. Para calcular a taxa de engajamento, basta dividir o número de pessoas que participaram do treinamento pelo número de pessoas que deveriam ter feito.

metrificar treinamentos: taxa de presença

Se 20 pessoas foram chamadas para realizar o treinamento e somente 10 o realizaram, então a taxa de presença é 50%.

Número de pessoas que realizaram o treinamento = 10

Número de pessoas que foram chamadas para realizar o treinamento = 20

metrificar treinamentos: taxa de presença

Pesquisas de satisfação

É muito importante você saber o que os colaboradores acharam sobre o treinamento. Uma boa ideia é realizar pesquisas de satisfação, onde as pessoas possam dar uma nota e fazer comentários sobre cada um dos treinamentos. 

Essa é uma forma tanto de seus colaboradores perceberem que você se importa com a opinião deles quanto de você ver a necessidade de possíveis alterações nos treinamentos.

Retenção de conteúdo

Não adianta nada os colaboradores participarem de um treinamento ou capacitação se eles não aprenderem nada. Muitas vezes os funcionários não estão prestando atenção no conteúdo que está sendo exposto e acabam não retendo o conteúdo.

Por isso, é muito importante que você tenha alguma forma de verificar se o conteúdo foi retido ou não. Uma das maneiras de fazer isso é aplicar uma prova para as pessoas que realizaram o treinamento com perguntas sobre o conteúdo exposto. Quanto mais dinâmicas e interativas forem as perguntas e o treinamento, mais os colaboradores irão se engajar e prestar atenção e, consequentemente,  reter o conteúdo.

Uma das maneiras de fazer isso é pela gamificação. Usando ferramentas como a Kludo, você consegue expor o conteúdo em forma de games e por ser uma maneira divertida de realizar treinamentos, os colaboradores acabam retendo mais o conteúdo. Além disso, você consegue fazer perguntas sempre que quiser para verificar se o jogador realmente está entendendo e aprendendo. Com isso você tem ainda mais dados e métricas sobre os treinamentos e o aprendizado de seus funcionários.

Leia mais sobre gamificação: O que é gamificação? Entenda as vantagens

Métricas te ajudam a crescer e evoluir

Com a ajuda dos dados e métricas coletados dos treinamentos, a equipe responsável pela capacitação e treinamento dos funcionários consegue pensar em possíveis medidas que deve tomar em relação ao assunto.

Se a taxa de presença estiver baixa, é importante que a equipe, juntamente com o RH, tome medidas para engajar mais os funcionários a realizarem os treinamentos. Alguns exemplos de como isso pode ser feito são estimular uma competição saudável e premiar os funcionários que realizarem mais treinamentos.

De acordo com a pesquisa de satisfação é possível ver a opinião dos seus funcionários em relação à cada um dos treinamentos. E com as ideias que eles trouxerem em relação ao que deve ser mudado ou mantido e como isso deve ser feito é possível montar treinamentos ainda melhores e mais efetivos.

Por último, de acordo com o nível de retenção de conteúdo, você consegue ver se precisa engajar mais seus funcionários no momento do treinamento e que assunto cada um dos colaboradores tem mais dificuldade e dessa maneira, recomendar artigos e estudos de acordo com a dificuldade de cada um deles.

Porém de nada adianta metrificar os treinamentos e não colocar nenhuma das ideias e propostas de melhoria em prática. As métricas foram feitas para te ajudar, portanto, coloque as ideias em prática para melhorar os treinamentos da sua organização e o aprendizado dos seus funcionários.

Metrifique seus treinamentos com a nossa ferramenta de gamificação para treinamentos

Deixe uma resposta